Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

dotVinho

aprender sobre vinho

aprender sobre vinho

A Touriga Nacional

Uma das primeiras coisas que me disseram quando começei a enveredar pelo mundo do vinho foi para conhecer as castas principais, os seus aromas, as suas qualidades e os seus defeitos. 

 

Se ao inicio torcia o nariz, foi o dedicar muitas provas a monovarietais (vinhos de uma unica casta) que começei a distinguir e a conhecer melhor os meus próprios gostos e a perceber a influencia de cada casta num vinho.

 

Para começar nada melhor que a nossa Touriga Nacional. 

 

 

É conhecida por ser uma casta nobre e muito elogiada em Portugal. É considerada a melhor casta para elaborar o vinho do Porto tinto. 

 

Em Portugal é a 5ª casta mais plantada. Fora de Portugal é muito pouca usada e encontra-se em pequenas quantidades na Australia , Africa do Sul, Estados Unidos, Espanha entre outros. No entanto em termos internacionais tem estado em crescimento dada a sua fama na qualidade que introduz nos vinhos.

 

Tem pele grossa, rica em côr o que se traduz em vinhos de cores intensas e profundas. Os bagos são pequenos com bastante concentração de açúcar e aromas. É uma baga muito pouco produtiva e de gerar vinhos com boas graduações alcoolicas , adstringentes e excelente capacidade para guardar. Os taninos poderosos fazem com que funcione muito bem em misturas com outras variedades como a touriga franca, tinta roriz entre outras. 

Por vezes também lembra algo mais silvestre como algazema, rosmaninho, etc. Na boca nota-se que é bastante volumoso, estruturado e persistente.

 

Os vinhos revelam aromas complexos, florais (violeta) e frutados.

Nos vinhos mais leves com menos alcool nota-se o aroma do chá e à medida qu que amadurece (como um Porto) ganha sabores finos de frutos pretos e os aromas florais tornam-se elegantes.

A passagem por carvalho acrescenta aromas de noz moscada e baunilha

 

 

Curiosidade: A origem provavel é o Dão, mais especificamente a terra chamada Tourigo (e que daí terá vindo o nome Touriga). A Touriga Nacional e Marufo são os pais da Touriga Franca.

 

 

Harmonização

 

Excelentes para pratos agridoces de carnes, lebre, coelho, leitão. Como tem algumas especiarias a comida indiana também vai lindamente.

No vinho do Porto é otimo com chocolate, café, nozes, queijos azuis.

 

Prova

 

Em Portugal entre Douro, Dão, Alentejo e mesmo outras zonas vão encontrar uma variedade de aromas e sabores. Uns mais florais, outros mais frutados, mais e menos álcoolicos.

Deixo-vos o desafio de imprimir a folha abaixo (cliquem para ver em maior dimensão) e fazerem um teste com três vinhos de casta Touriga Nacional de cada uma das zonas.

Vão ficar surpreendidos.

 

 

Procurem por Quinta do Crasto, Quinta da Pellada, Quinta do Vallado, Quinta do Vale Meao, Herdade do Esporão, Quinta da Chocapalha, Herdade de São Miguel, Real Companhia Velha.